Como se tornar independente financeiramente? – 5 recomendações

Como se tornar independente financeiramente? – 5 recomendações
Foto: Aliaksei Bahdanchuk | Dreamstime
Participação

Muitas vezes acontece que mesmo pessoas com renda razoavelmente alta não sabem administrar bem seu dinheiro e, portanto, não têm independência financeira.

Isso afeta negativamente o padrão de vida: uma pessoa não pode se desenvolver e sua situação financeira é instável.

Chamamos a sua atenção para os princípios básicos da independência financeira. Se você cumpri-los, pode ganhar confiança no futuro e começar a construir seu próprio capital.

Crie um travesseiro financeiro

Uma certa quantia reservada em caso de imprevistos é uma necessidade que toda pessoa alfabetizada financeiramente deve prever. Muitos se convenceram do acerto dessa abordagem quando, durante a quarentena, um grande número de pessoas ficou sem trabalho, sem economia e se viu em uma situação difícil.

Foto: Tameek | Dreamstime
financial independence

Você mesmo define o tamanho do colchão financeiro, no entanto, muitos economistas recomendam economizar até seis salários e gastar esse dinheiro apenas em situações de emergência. Assim, mesmo em caso de perda de uma fonte de renda, será possível por algum tempo manter a estabilidade material e o padrão de vida habitual e, ao mesmo tempo, buscar novas formas de ganhar dinheiro.

Controle suas receitas e despesas

A disciplina nesse aspecto ajudará com o tempo a aprender a otimizar gastos e economizar mais dinheiro. Faça um pequeno experimento: por um mês, mantenha um registro de absolutamente todas as despesas e, a seguir, determine o que gasta mais dinheiro.

Renda passiva – e a vida é boa
Renda passiva – e a vida é boa

O resultado pode surpreendê-lo, já que muitas pessoas gastam uma parte significativa do orçamento em compras impulsivas que facilmente poderiam prescindir, esse é um dos maus hábitos financeiros. Assim, o dinheiro escapa por entre os dedos, mas, enquanto isso, pode ser usado de forma mais racional, por exemplo, investido ou reservado para necessidades mais importantes.

Aumente seu capital

Este ponto decorre suavemente do anterior. O que fazer com o dinheiro liberado? Faça-os trabalhar para você! No mundo moderno, quase todo mundo consegue descobrir onde e como investir (em valores mobiliários, imóveis ou outros ativos) corretamente.

financial independence
Foto: Elena Sergeeva | Dreamstime

Investir parte do capital em investimentos permitirá garantir outra fonte de renda, o que significa mais um passo para a independência e estabilidade financeira.

Pare de viver com crédito

Claro, não estamos falando daquelas coisas necessárias que são muito difíceis de adquirir sem tomar um empréstimo, por exemplo, um imóvel. Apenas uma pequena parte da população pode fazer uma compra tão grande de uma só vez e às suas próprias custas.

Princípios de gestão de orçamento pessoal competente
Princípios de gestão de orçamento pessoal competente

Mas vale a pena pensar na conveniência de adquirir coisas menos significativas a crédito. Por exemplo, incluem itens de luxo: equipamentos caros, um carro, etc. Além disso, a velha diversão russa ainda é muito popular – um casamento a crédito. No final, você paga juros enormes ao banco e perde seu próprio dinheiro. Recomendamos que você considere cuidadosamente tais transações e, se possível, recuse empréstimos, a menos que seja absolutamente necessário e viva “dentro de suas possibilidades”.

Definir metas

Acumular dinheiro sem rumo costuma ser uma ideia fracassada, por isso é sempre necessário formar metas financeiras e fazer um plano para sua implementação. Ao mesmo tempo, é necessário dividir as metas em curto e longo prazo, e ir gradativamente para a concretização de cada uma delas.

Essa abordagem permitirá que você alcance a independência financeira e defina claramente os caminhos para atingir seus objetivos.