Monetização de conteúdo: definição, como funciona, tipos e exemplos

6 minutos de leitura
5.0
(19)
Monetização de conteúdo: definição, como funciona, tipos e exemplos
Foto: adapty.io
Participação

O conteúdo pode ser monetizado de várias maneiras, inclusive por meio de publicidade, integrações nativas ou marketing afiliado, ou criando um negócio de serviços pessoais em torno de sua marca, como coaching ou consultoria. À medida que a tecnologia se desenvolve, surgem novos modelos de monetização de conteúdo, por exemplo NFT, ou tokens não fungíveis.

O que é monetização de conteúdo?

Monetização é a receita proveniente do conteúdo digital que você cria, seja texto, vídeo, podcasts, imagens ou qualquer outro.

Os usuários de redes e plataformas sociais populares criam conteúdo não apenas para diversão, mas também para desenvolver sua marca pessoal e aumentar popularidade.

Para entender o que é monetização de conteúdo, você precisa responder a uma pergunta importante: quem paga por isso? Por exemplo:

  • Em alguns modelos, quem consome conteúdo exclusivo paga. Em outras palavras, você monetiza o interesse do público em seu material original: geralmente as pessoas querem se inspirar ou aprender algo útil;
  • Em outros modelos, um terceiro paga. Como você atrai espectadores, é benéfico para as marcas anunciarem seus produtos para seu público fiel. Por exemplo, vários serviços e aplicativos educacionais têm prazer em cooperar com professores que mantêm blogs pessoais populares.

Vantagens

  • o material exclusivo se tornará uma fonte de renda adicional ou permanente;
  • o autor receberá renda de trabalhos que ele ama sinceramente;
  • o conteúdo atrairá um público fiel.

Desvantagens

  • supersaturação de publicidade: 74% das pessoas note que estão cansados ​​de ver publicidade em redes sociais e recursos online;
  • sentir que o trabalho não está dando frutos com rapidez suficiente: 65% dos criadores de conteúdo sentir trabalho sobrecarregado e/ou receber menos renda.

Tipos de monetização de conteúdo

Publicidade

Publicidade direta

A publicidade direta é uma das formas populares de monetizar conteúdo. O princípio é bastante simples: os anunciantes pagam pela oportunidade de demonstrar seu produto ao público do autor (na forma de texto, fotos ou inserções de vídeo em um vídeo). Até 2026, o valor global do marketing de conteúdo deverá atingir US$ 107 bilhões.

Publicidade contextual

A publicidade contextual é um pequeno anúncio relevante para o tema do site ou para as preferências do público. É apresentado na forma de texto, imagens ou vídeo.

Publicidade em vídeo

O YouTube tem sido uma das maiores plataformas de receita de publicidade em vídeo. No ano passado, a receita global de publicidade do YouTube foi superior a US$ 28 bilhões.

Publicidade nativa

A publicidade nativa parece mais natural de ser percebida. Um exemplo é a integração nativa nas redes sociais: os materiais se enquadram organicamente no conteúdo, são úteis e informativos e não contêm a tag “Publicidade”. Porém, existe uma linha tênue entre integração nativa e publicidade direta, por isso é importante verificar com o suporte antes de postar se o material é considerado uma integração.

Publicidade nativa: integrando efetivamente o marketing ao conteúdo digital
Publicidade nativa: integrando efetivamente o marketing ao conteúdo digital
7 minutos de leitura
Ratmir Belov
Journalist-writer

A integração nativa é adequada para jornalistas, blogueiros, autores e proprietários de comunidades de diversos temas.

Assinaturas

A monetização de assinaturas significa que os leitores/espectadores pagam para acessar o conteúdo. Muitas empresas conhecidas geram bilhões de dólares em receitas por meio de assinaturas.

Paredes pagas e conteúdo premium

Paywalls são um modelo de assinatura popular em que você configura um muro virtual que bloqueia o acesso das pessoas ao conteúdo e as incentiva a pagar para acessá-lo. Tipos de muros de pedágio:

  • Soft: neles o usuário pode acessar algum conteúdo, e o conteúdo premium ficará disponível somente após o pagamento.
  • Difícil: com um acesso pago rígido, seus usuários não poderão acessar nenhum conteúdo sem pagar;
  • Dosado: Com esse modelo, os usuários podem acessar uma determinada quantidade de conteúdo, por exemplo, com uma assinatura experimental de 7 dias. Após o término desse período, o usuário será solicitado a pagar a assinatura integral por um mês, seis meses ou um ano.
Example of monetization using a subscription
Example of monetization using a subscription

Certifique-se de ter um público fiel e uma marca pessoal forte pela qual as pessoas estarão dispostas a pagar. Os criadores de conteúdo pago têm experiências únicas para compartilhar com os leitores.

Marketing de afiliados

O marketing de afiliados é uma estratégia de monetização comum para blogueiros. Os afiliados incluem links em seu conteúdo e ganham comissões quando os leitores clicam no link e compram o produto.

Os podcasts também usam cada vez mais o marketing de afiliados. Se você já ouviu um podcast dizer para você clicar em um link especial para se inscrever em um de seus patrocinadores, é provável que eles sejam pagos por meio de um modelo de afiliado (por assinatura).

Marketing de afiliados: definição, exemplos e por onde começar
Marketing de afiliados: definição, exemplos e por onde começar
5 minutos de leitura
5.0
(3)
Tatyana Kidimova
International expert in marketing

Neste modelo de monetização, é importante ter certeza de que o seu nicho é adequado para o marketing de afiliados. Pedir aos leitores que se inscrevam em links afiliados de que não precisam é uma perda de tempo.

Trabalho não diretamente relacionado ao conteúdo

Às vezes, os autores optam por monetizar seu conteúdo por meio de recursos que não estão diretamente relacionados ao conteúdo em si. Nesse caso, o material do autor serve para construir uma marca pessoal.

Por exemplo, os criadores costumam usar o YouTube para criar conteúdo gratuito e depois monetizá-lo por meio de serviços. Por exemplo, especialistas que prestam consultoria contábil podem criar conteúdo como publicidade para chegar a clientes em potencial.

Noções básicas de monetização de conteúdo

Defina seu público-alvo

Podem ser leitores ou assinantes, mas você deve deixar claro a quem está se dirigindo. O conteúdo não nasce do nada. O melhor conteúdo é criado com base em sua história e experiência para, em última análise, repercutir em um público fiel.

Como determinar o público-alvo do seu negócio?
Como determinar o público-alvo do seu negócio?
10 minutos de leitura
Editorial board
Editorial staff of Pakhotin.org

É melhor começar com um nicho claro e crescer nele primeiro, e depois aumentar gradualmente. Aqui estão algumas perguntas a serem respondidas para encontrar seu público:

  1. Quem são eles?
  2. Com o que eles se importam? O que os motiva?
  3. Quais autores eles já seguem?
  4. Qual ​​é a sua história e experiência que pode repercutir neles?

Crie conteúdo de qualidade de forma consistente

Criar conteúdo de qualidade é o mais importante, mas a consistência também é importante. Isso não significa que você tenha que publicar conteúdo 5 vezes por dia, mas até publicar uma vez por semana ou uma vez por mês – consistência em si, principalmente quando se trata de um vídeo ou postagem de um autor.

Escolha uma estratégia de crescimento

Aumentar seu público requer uma estratégia específica, por exemplo:

  • estabelecer parcerias: blogueiros com um público pequeno muitas vezes concordam em publicidade mútua com colegas;
  • criar conteúdo com base nos princípios fundamentais de SEO, ou seja, otimização para requisitos de mecanismos de pesquisa. Dessa forma, você atrairá mais tráfego.
Avaliação do artigo
5,0
19 avaliações
Avalie este artigo
Margarita Islamova
Qual é o método de monetização de conteúdo mais eficaz? Compartilhe sua opinião:
avatar
  Notificações de comentários  
Notificar sobre
Margarita Islamova
Leia meus outros artigos:
Contente Avalie Comentários
Participação

Você pode gostar

Margem e marginalidade: vejamos exemplos
3 minutos de leitura
Ratmir Belov
Journalist-writer
Crescimento econômico: tipos, fatores, como é medido
8 minutos de leitura
5.0
(1)
Editorial board
Editorial staff of Pakhotin.org
Gestão de desempenho empresarial: definição, objetivos e métodos
5 minutos de leitura
Andrey Girinsky
PhD in Economics, RUDN University

Últimos artigos

Como investir em imóveis com sabedoria e vale a pena?
7 minutos de leitura
5.0
(2)
Nikita Shelomentsev
Nikita Shelomentsev
Real Estate Investment Expert
Rupia digital e seu papel nos pagamentos internacionais – revisão de especialistas
11 minutos de leitura
5.0
(2)
Sofia Glavina
Sofia Glavina
PhD in Economics, RUDN University