O que é um assistente virtual – quais as suas principais funções e em que áreas é utilizado?

5 minutos de leitura
5.0
(1)
O que é um assistente virtual – quais as suas principais funções e em que áreas é utilizado?
Foto: entrepreneur.com
Participação
Assistentes virtuais inteligentes (IVA) ou assistentes digitais virtuais (VPA), como Siri ou Alexa, que você provavelmente conhece, são um programa ou serviço que possui funcionalidades próximas às funções humanas.

Uma pessoa interage com esses programas usando comandos de voz. Os assistentes digitais oferecem ao usuário a capacidade de conduzir uma conversa, semelhante à comunicação com outra pessoa.

Simplificando, um assistente virtual é projetado para realizar tarefas específicas, como organizar o tempo de trabalho, gerenciar uma casa inteligente ou automatizar processos de negócios simples.

Vejamos como você pode usar um assistente virtual baseado em IA para otimizar seu tempo de trabalho e automatizar processos de negócios, e também discutir como essa tecnologia pode beneficiar os clientes da sua empresa, independentemente do setor.

Possibilidades de assistentes virtuais

Os assistentes virtuais normalmente executam tarefas simples para os usuários finais, como:

  • Adicionando tarefas ao calendário
  • Fornecimento de informações, semelhante a um navegador da web
  • Controle e verifique o status dos dispositivos domésticos inteligentes, incluindo luzes, câmeras e termostatos
  • Fazendo ligações
  • Planejamento de reuniões e eventos
  • Crie mensagens de texto e e-mails e envie-os automaticamente
  • Pesquisar hotéis e restaurantes
  • Verificando sua reserva de voo
  • Transmissão de podcasts
  • Definir lembretes
  • Gerenciamento de fluxo de trabalho, lembretes
  • Chame um táxi
  • Reproduza música sob demanda
  • Encomende produtos mediante solicitação
  • Respostas às perguntas
  • Pode ser usado como operador de bate-papo e suporte de voz

Assistente digital e chatbot: qual a diferença?

Chatbots e assistentes virtuais podem usar tecnologia de inteligência artificial (IA), mas seus princípios operacionais básicos e funcionalidades são diferentes.

Virtual Assistant
Foto: ingestai.io

Os chatbots funcionam principalmente com base em determinados scripts. Eles usam conjuntos de dados e algoritmos predefinidos para reconhecer as consultas recebidas dos usuários e fornecer respostas apropriadas.

Isto significa que um chatbot pode ser limitado na sua capacidade de compreender o contexto e manter uma conversa, limitado apenas ao que foi previamente treinado para fazer.

Chatbots: o presente e o futuro da inteligência artificial
Chatbots: o presente e o futuro da inteligência artificial
10 minutos de leitura
Editorial team
Editorial team of Pakhotin.org

Os assistentes virtuais, por outro lado, são normalmente baseados em tecnologias de inteligência artificial mais sofisticadas, como aprendizado de máquina e processamento de linguagem natural.

Eles são capazes de se adaptar ao comportamento e às solicitações do usuário, extrair informações significativas de uma conversa e tomar ações apropriadas com base no contexto e na experiência anterior, e ficar on-line para procurar a resposta a uma pergunta e executar comandos simples, como reservar uma passagem de avião ou pedir um táxi.

Os assistentes virtuais possuem uma gama mais ampla de recursos que podem ser muito úteis no dia a dia, nos negócios e no atendimento ao cliente.

Assistentes virtuais podem assim ser considerados versões mais avançadas de chatbots, utilizando algoritmos mais complexos para proporcionar uma experiência de utilizador mais eficiente e personalizada.

Aplicação nos negócios

Vejamos alguns exemplos de como essa tecnologia pode ser usada em uma empresa:

Atendimento ao Cliente

O assistente digital pode fornecer suporte online 24 horas por dia, 7 dias por semana, por meio de chats ou interfaces de voz. Freqüentemente, é usado para responder a perguntas frequentes dos usuários, resolver problemas e direcionar os clientes aos recursos certos.

Redes neurais para empresas: como a IA pode automatizar o trabalho de uma empresa e aumentar os KPIs dos funcionários
Redes neurais para empresas: como a IA pode automatizar o trabalho de uma empresa e aumentar os KPIs dos funcionários
7 minutos de leitura
5.0
(2)
Roman Mikhailov
Expert in the implementation of AI technologies

Imagine que os visitantes do seu site pudessem se comunicar com um robô indistinguível de um humano. As informações fornecidas pelos assistentes digitais alimentados por IA são extraídas de muitas fontes diferentes para fornecer as respostas mais abrangentes às perguntas.

Por exemplo, os bancos utilizam assistentes virtuais para processar pedidos de saldos de contas ou transferências de dinheiro.

Automação de processos de aceitação e reserva de pedidos

Os assistentes virtuais podem ser integrados em sites, mensageiros instantâneos ou aplicativos para recebimento de pedidos e reservas.

Virtual Assistant
Foto: wired.com

Por exemplo, os restaurantes podem usar assistentes virtuais para receber pedidos de entrega de comida ou fazer reservas de mesa.

Gerenciamento de tarefas e cronograma

Um assistente digital pode ser usado para gerenciar tarefas pessoais de forma mais eficaz e ajudar os funcionários a gerenciar seu tempo de trabalho, como definir lembretes para eventos, reuniões ou tarefas importantes.

Eles também podem adaptar automaticamente a programação com base nas alterações ou preferências do usuário.

Automação de processos de aquisição e contabilidade de estoque

Um assistente virtual pode automatizar o processo de gerenciamento de estoque, prevendo a necessidade de mercadorias e fazendo pedidos aos fornecedores.

Problemas e aspectos éticos do uso de redes neurais na sociedade
Problemas e aspectos éticos do uso de redes neurais na sociedade
4 minutos de leitura
Ratmir Belov
Journalist-writer

Os varejistas podem usar assistentes virtuais para gerenciar o estoque do armazém e agilizar os processos de compra, reduzindo custos e evitando perdas por ruptura de estoque.

Marketing e vendas personalizados

A integração de um chatbot inteligente em uma interface web ou aplicativo pode ajudar a fornecer recomendações e ofertas personalizadas aos clientes com base em suas preferências, histórico de compras e comportamento.

Por exemplo, as lojas online podem utilizar um assistente para recomendar produtos que possam ser do interesse de um comprador específico, o que ajuda a aumentar a conversão e o cheque médio.

Conclusões

Os assistentes virtuais estão se tornando cada vez mais parte integrante do mundo moderno, ajudando clientes, gestores e funcionários de empresas a lidar com tarefas semelhantes.

A introdução de assistentes virtuais nos processos de negócio pode melhorar significativamente o atendimento ao cliente, otimizar processos operacionais e aumentar a competitividade da empresa no mercado.

O desenvolvimento contínuo de tecnologias de inteligência artificial e aprendizado de máquina promete oportunidades ainda maiores para programas de assistente digital, permitindo que eles se tornem ferramentas ainda mais eficazes no apoio às empresas e na satisfação das necessidades dos usuários.
Avaliação do artigo
5,0
1 avaliações
Avalie este artigo
Roman Mikhailov
Onde mais você acha que essa tecnologia poderia ser útil?
avatar
  Notificações de comentários  
Notificar sobre
Roman Mikhailov
Leia meus outros artigos:
Contente Avalie Comentários
Participação

Você pode gostar

Google Bard – assistente avançado de IA
8 minutos de leitura
Ratmir Belov
Journalist-writer
As 11 principais causas do aquecimento global
5 minutos de leitura
Ratmir Belov
Journalist-writer
O problema da poluição do solo: fontes e principais métodos de controle
5 minutos de leitura
Vyacheslav Nekorkin
Vyacheslav Nekorkin
Owner of a manufacturing company
Chuva ácida: quais são as causas e onde ela cai
10 minutos de leitura
Nikolai Dunets
Member of the Union of Journalists of Russia. Winner of the "Golden Pen" contest