Como construir uma estratégia de marketing de conteúdo?

Como construir uma estratégia de marketing de conteúdo?
Foto: netscribes.com
Participação

Os profissionais de marketing sabem que a criação de conteúdo exclusivo é uma forma comprovada de atrair a atenção dos clientes. A criação de conteúdo de alto valor de maneira envolvente e natural pode gerar tráfego orgânico, aumentar as vendas e melhorar a imagem e a percepção da marca.

No entanto, completar esta tarefa com sucesso ao longo do tempo requer um planejamento cuidadoso e metódico. É aqui que entra em jogo uma estratégia de marketing de conteúdo. Neste artigo, você verá como uma estratégia de marketing de conteúdo bem-sucedida é criada e considerará como começar a criar uma para seu próprio negócio.

O que é marketing de conteúdo?

Marketing de conteúdo é o processo de criação e publicação de conteúdo que visa agregar valor ao segmento de clientes-alvo.

O conteúdo normalmente é gratuito e projetado para atrair clientes de marca com o objetivo de, em última análise, vender-lhes um produto ou serviço.

Por que o marketing de conteúdo é tão importante?
Por que o marketing de conteúdo é tão importante?

Assim, uma estratégia de marketing de conteúdo é um conjunto de planos e iniciativas que uma empresa empreende em preparação para as suas iniciativas de marketing de conteúdo.

Isso inclui determinar o tipo de conteúdo, como deve ser distribuído, quem é seu público e assim por diante. Ao seguir essas etapas, as empresas podem garantir que seu marketing de conteúdo seja consistente e alinhado com suas metas e objetivos de negócios mais amplos.

A importância da estratégia de marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma ferramenta de marketing valiosa, mas requer um planejamento cuidadoso. A implementação antecipada de uma estratégia bem pensada proporcionará uma série de benefícios importantes:

  • Garanta consistência em sua mensagem. Definir antecipadamente os temas principais de seu conteúdo de marketing garantirá que o que você publicar estará alinhado com suas intenções de negócios e evitará quaisquer inconsistências que possam confundir os clientes.
  • Entenda o seu segmento de consumidores-alvo. A escolha do tema e posicionamento do conteúdo também ajuda a definir quem é o cliente e como ele deve ser comercializado. Isso deve tornar o marketing mais eficaz e trazer os clientes de volta a mais conteúdo ao longo do tempo.
  • Crie lançamentos de conteúdo previsíveis. Se o tipo de conteúdo e os canais de marketing forem planejados com antecedência, o lançamento do conteúdo poderá ser agendado de forma previsível e contínua, o que ajudará os clientes a saber quando procurar novo material e também ajudará a empresa a alocar recursos de forma mais eficiente.
  • Acompanhe e meça o sucesso. O planejamento estratégico permite definir indicadores-chave de desempenho que ajudam a medir o sucesso de suas campanhas. Dessa forma, as empresas podem entender o que está funcionando ao longo do tempo e fazer ajustes iterativos no plano em locais que poderiam ser melhorados.

Considerações importantes para sua estratégia

Antes de implementar uma estratégia de marketing de conteúdo, é importante analisar o estado do seu negócio e levar em consideração as seguintes considerações:

Que tipo de conteúdo você deve produzir? Existem muitas formas de conteúdo disponíveis para profissionais de marketing – blogs, vídeos, infográficos, artigos longos, etc. e estes são apenas alguns deles. Você deve decidir o que é melhor para o material que planeja produzir e levar em consideração as preferências do cliente-alvo.

Content marketing strategy
Foto: relevance.com

Quem é o segmento de consumidores-alvo? O conteúdo deve ser produzido pensando em um determinado tipo de cliente. Isso garante que o cliente se identifique e mantenha o material em foco.

Quais canais você usará para publicar conteúdo? Semelhante ao “tipo de conteúdo”, descobrir onde e como você publica o material terá impacto na forma como os clientes interagem com ele e como ele funciona ao longo do tempo. Por exemplo, um vídeo de terceiros hospedado em um site pode resultar em mais tráfego inicial, ao mesmo tempo um blog offline pode levar a um melhor SEO a longo prazo.

Com que frequência você publicará conteúdo? Quer você publique semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente, ter uma cadência regular garante que você não fique para trás e permite que os clientes esperem regularmente novos lançamentos.

O conteúdo é rei
O conteúdo é rei

Qual ​​é o objetivo final das iniciativas de marketing? Como o marketing de conteúdo é, por definição, uma forma de marketing, você precisa saber o que está tentando fazer com que os clientes façam em resposta às campanhas. Simplesmente fornecer conteúdo que os clientes gostem não é suficiente – todas as ações e outras comunicações baseadas em respostas terão um impacto importante no que os clientes fazem depois de consumirem conteúdo e explorarem sua marca.

Componentes de uma estratégia de marketing de conteúdo

Com essas considerações em mente, agora você pode começar a implementar sua estratégia de marketing de conteúdo. Alguns componentes principais deste processo incluem:

  • Plano de negócios. As metas e objetivos de negócios ajudarão a orientar todos os aspectos do desenvolvimento da estratégia de conteúdo e, portanto, devem ser claramente compreendidos durante o processo de planejamento.
  • Principais indicadores de desempenho. Uma vez definido o plano de negócios, devem ser estabelecidos indicadores-chave de desempenho para ajudar a acompanhar e medir o sucesso do marketing ao longo do tempo em relação às metas e objetivos de negócios. Eles também podem ser usados ​​para testar mudanças nas estratégias ao longo do tempo.
  • Personagens do comprador. A criação de buyer personas orientará o processo de identificação de quem é o segmento de clientes-alvo para o conteúdo de marketing, para que a narrativa possa se concentrar nesses tipos específicos de clientes e aumentar o engajamento.
  • História da marca. Depois que seu segmento de clientes-alvo for identificado, estabeleça um tema geral no conteúdo que transmita uma história identificável para sua marca se conectar com o cliente.
  • Tempo e frequência. A frequência com que o material é produzido deve ser estabelecida antecipadamente para que os clientes saibam quando retornar para encontrar novo material. Também ajuda a equipe de marketing a entender claramente seus prazos e requisitos.

Tipos de marketing de conteúdo

Finalmente, depois de analisar os vários fatores de planejamento de sua estratégia de marketing de conteúdo, você precisará decidir por meio de quais canais de distribuição publicará o material. Algumas opções incluem:

Blogs. Uma postagem de blog é um conteúdo baseado em texto postado em um site, geralmente em um tom mais informal do que um artigo ou relatório tradicional. Essa forma de autopublicação pode ser benéfica para a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO), à medida que os mecanismos de pesquisa começam a direcionar tráfego orgânico para o site de uma marca com base no sucesso de suas postagens no blog.

Content marketing strategy
Foto: similarweb.com

Artigos. Além dos blogs autopublicados, as empresas podem enviar artigos para canais de mídia de terceiros. Isto permite que as empresas sejam notadas pelos seguidores das empresas de comunicação social e aproveitem a sua distribuição existente.

Vídeo. Vlogs, tutoriais, demonstrações e outros conteúdos de vídeo fornecem uma experiência multimídia envolvente que pode ser compartilhada e postada em vários outros canais. O vídeo geralmente tem maior envolvimento do que o conteúdo de marketing estático.

Redes sociais. As empresas podem compartilhar diretamente conteúdo de texto e outras mídias nas redes sociais. Para conteúdo mais curto, os canais sociais são valiosos porque permitem que o conteúdo seja incorporado diretamente nos canais de mídia social dos clientes. Isso significa que os clientes podem visualizar o conteúdo sem precisar acessar um site externo com o qual talvez não estejam familiarizados.

Boletins informativos. Um boletim informativo é um relatório impresso ou digital usado para distribuir atualizações regulares de notícias aos seus seguidores. Hoje, a distribuição é feita principalmente por e-mail, um meio escalonável e de baixo custo. Como o conteúdo é enviado diretamente para as caixas de entrada dos clientes, é mais provável que eles vejam o conteúdo do que outros canais.

Marketing viral: como espalhar informações organicamente
Marketing viral: como espalhar informações organicamente

Livros eletrônicos. Particularmente nas indústrias B2B, os clientes muitas vezes desejam baixar conteúdo que possam compartilhar com colegas para visualização. Os e-books para download são uma forma eficaz de compactar conteúdo mais longo. Você também pode usá-lo como método de coleta de dados, vinculando um download em troca do endereço de e-mail do cliente ou outras informações de contato.

Podcasts. Podcasts são programas de áudio frequentemente serializados e com um tema consistente ao longo dos episódios. Eles agora são apresentados em todos os tipos de canais convencionais, como iTunes e Spotify, e são uma forma comum de as pessoas consumirem conteúdo em qualquer lugar. Isso fornece uma maneira de fazer com que os clientes ouçam o conteúdo em situações, como no trânsito, onde, de outra forma, não poderiam visualizar ou ler outras formas de mídia.

Dicas para criar sua estratégia de marketing de conteúdo

Você não precisa reinventar a roda ao desenvolver sua estratégia de marketing de conteúdo. Aqui estão algumas dicas e truques que podem ajudar a tornar o processo um pouco mais tranquilo quando você começar.

Content marketing strategy
Foto: semrush.com

Definir metas e expectativas de negócios

Foi demonstrado que trabalhar com um plano de negócios dá a uma organização 30% mais chances de crescimento. Construir uma estratégia de marketing de conteúdo não é diferente. Os planos devem conter metas claras sobre como o marketing de conteúdo impactará os requisitos de negócios.

Por exemplo, se o objetivo de um negócio é direcionar mais tráfego para um site, um blog otimizado para SEO com palavras-chave relacionadas ao setor bem pesquisadas pode ser mais relevante do que outras formas de estratégias de conteúdo. Por outro lado, uma empresa que tenta melhorar a imagem de sua marca junto aos clientes existentes pode considerar a mídia social uma plataforma melhor para interagir e interagir com os clientes.

Identifique as necessidades de recursos e aloque fundos antecipadamente

A criação de conteúdo requer recursos reais. Escrever blogs, criar infográficos e editar vídeos exigem tempo, talento e dinheiro. Na verdade, o marketing de conteúdo representa um mercado estimado em US$ 300 bilhões, e as empresas gastam, em média, cerca de um quarto de seus orçamentos totais de marketing nele!

Publicidade nativa: integrando efetivamente o marketing ao conteúdo digital
Publicidade nativa: integrando efetivamente o marketing ao conteúdo digital

À medida que os custos aumentam, é importante planear com antecedência, definir orçamentos realistas e garantir que as partes interessadas compreendem estas alocações para que o recrutamento de pessoal e as compras possam ser feitos dentro destes requisitos. Isto garantirá que os custos não fiquem fora de controle e minimizará confusões e cortes inesperados de orçamento ou de pessoal devido a custos excessivos.

Crie um calendário de conteúdo

A maioria dos projetos de conteúdo terá várias partes envolvidas e vários estágios de conclusão. Portanto, simplesmente dizer que o conteúdo será lançado em alguma cadência muitas vezes não é suficiente e provavelmente levará a atrasos e atrasos no projeto.

Um calendário de conteúdo compartilhado pode ajudar a manter todas as partes alinhadas para que saibam quando as diferentes partes dos projetos estão vencidas e se manterem atualizados sobre o status dessas tarefas. Isto deve ser feito no início do processo de planeamento, para que todos conheçam antecipadamente as suas responsabilidades e possam planear adequadamente.

Monitore constantemente os resultados e repita

Os KPIs só são eficazes se os resultados forem acompanhados e monitorados ao longo do tempo. Quaisquer alterações devem ser cuidadosamente monitoradas e as iterações devem ser testadas para refinar o processo. Alcançar as metas de negócios é um processo contínuo.

Por exemplo, se o KPI for a geração de leads a partir de um conjunto de conteúdo, os profissionais de marketing deverão acompanhar como ambas as peças individuais estão contribuindo para isso, bem como como o projeto geral está mudando ao longo do tempo. Muitos conteúdos, principalmente blogs, podem aumentar de valor com o tempo, por isso é importante ficar de olho em como os KPIs se desenvolvem no longo prazo.

Entrega de conteúdo aos clientes por meio da automação de marketing

Criar uma estratégia sólida de marketing de conteúdo é fundamental para fornecer conteúdo valioso aos clientes de maneira consistente e contínua.

No entanto, fornecer o nível de qualidade necessário em escala requer automação de marketing para ajudar a rastrear o conteúdo em todos os canais, agendar e entregar conteúdo aos clientes e monitorar os principais indicadores de desempenho para entender o desempenho das campanhas e como podem ser melhoradas.